CBN - A rádio que toca notícia

RELATÓRIO

Homicídios de adolescentes mais que dobraram, diz Unicef

Referente aos anos 1990 a 2007. 191 mil vítimas de 1996 a 2017. Suicídio entre crianças aumentou

30/11/19, 19:32

O
Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) afirma que, de 1990 a 2007, o número de homicídios de adolescentes de 10 a 19 anos mais do que dobrou. As informações são do relatório produzido em comemoração ao 30º aniversário da Convenção sobre os Direitos da Criança (CDC), celebrado na 4ª feira (27.nov.2019).

“De 1996 a 2017, 191 mil crianças e adolescentes de 10 a 19 anos foram vítimas de homicídio”, informam os autores do relatório, acrescentando que, a cada dia, 32 meninos e meninas nessa faixa de idade são assassinados.

Nos municípios paulistas, somente na década encerrada em 2017, 8.200 crianças e jovens nessa faixa etária foram assassinados. A taxa chegou a ser de 9,7 homicídios por 100 mil habitantes, há 2 anos.

Morte infantil

Conforme o Unicef, de 1990 a 2017 registrou-se “redução histórica” no total de mortes de crianças menores de 1 ano de idade. No período, a taxa nacional caiu de 47,1 para 13,4 a cada mil nascidos vivos. Além disso, de 1996 a 2017, 827 mil vidas foram salvas.

A queda nos índices de cobertura vacinal, diz o Unicef, tem sido porta de entrada para doenças que eram, até recentemente, consideradas erradicadas, como o sarampo. “Em 2016, a mortalidade infantil subiu pela primeira vez em mais de 20 anos e ainda não voltou aos patamares de 2015, acendendo um sinal de alerta. No total, 42 mil crianças menores de 5 anos ainda morrem por ano no Brasil”, informa o fundo da ONU no relatório.

A representante do Unicef no Brasil, Florence Bauer, afirma que o país deve consolidar os avanços já conquistados até agora, voltando a atenção para a primeira infância e a adolescência. “Os indicadores, em sua maioria, são piores no Nordeste e no Norte do país. E piores entre as populações indígena, parda e negra”, diz.

Florence exemplifica seu argumento comentando que não basta manter escolas, mas também garantir que todos possam chegar a elas, em especial as crianças em situação de vulnerabilidade social. “Por isso é que é preciso que as políticas, mais do que nunca, tenham um enfoque de equidade, não sendo suficiente dar as mesmas oportunidades para todos”, explica a representante.

Sala de aula

Outro aspecto mostrado no relatório é o acesso de crianças e adolescentes à educação. Na avaliação do Unicef, o país “conseguiu avançar consideravelmente” nessa área.

Em 1990, quase 20% das crianças de 7 a 14 anos (idade obrigatória na época) estavam fora da escola. Mesmo com a ampliação da idade escolar para 4 a 17 anos, o índice em 2017 caiu para 4,7%.

Os especialistas do Unicef ponderam que, embora o índice de exclusão escolar tenha diminuído significativamente, o país ainda não atingiu a universalização do ensino. Ao todo, quase 2 milhões de meninas e meninos estão fora da escola.

“Há ainda aqueles que estão na escola sem aprender: 14,9% dos estudantes do ensino médio e 12,5% nos anos finais do fundamental estão dois ou mais anos atrasados, totalizando 6,5 milhões de meninas e meninos”, completa o órgão.

Imigrantes e saúde mental

Para o Unicef, outro ponto que deve integrar a agenda das autoridades refere-se à acolhida de refugiados. Dos cerca de 200 mil venezuelanos que ingressaram no país até julho, 30% eram menores de idade. O estado é o 2º com maior volume de pedidos de refúgio, concentrando mais de 10% do total.

O tema suicídio também figura no relatório do Unicef como uma das questões contemporâneas que requerem atenção. “Nos últimos 10 anos, os suicídios de crianças e adolescentes vêm aumentando no Brasil. Eles passaram de 714, em 2007, para 1.047, em 2017“, alerta a organização.

Fonte: JL/PODER 360
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
30/05/20, 18:37 | POLÍTICA - SOMOS DEMOCRACIA: Torcidas organizadas convocam ato antifascista em SP no domingo
30/05/20, 17:16 | PESQUISA - Reprovação ao Congresso e ao STF tem forte queda, mostra Datafolha
30/05/20, 17:03 | POLÍTICA - Maia: Guedes transfere responsabilidade ao Congresso e não mostra propostas
30/05/20, 17:01 | INTERNACIONAL - Austrália manda seus cidadãos saírem do Brasil “o mais rápido possível”
30/05/20, 16:56 | PANDEMIA - Decreto da Prefeitura estabelece rodízio de veículos no centro de Teresina
30/05/20, 16:27 | POLÍTICA - MPF pede suspensão de norma do Ministério da Saúde que ampliou uso da cloroquina
30/05/20, 13:28 | POLÍTICA - Quase 70% dos brasileiros reprovam “toma lá, da cá” de Bolsonaro com o centrão, diz Datafolha
30/05/20, 12:30 | PANDEMIA - Como serão as nossas casas após a pandemia de coronavírus?
30/05/20, 12:23 | INVESTIGAÇÃO - Supremo Tribunal inicia medidas contra Eduardo Bolsonaro
30/05/20, 12:19 | POLÍTICA - Polícia Federal decide tomar depoimento de Bolsonaro sobre acusações de Moro
30/05/20, 12:07 | POLÍTICA - “Basta!”: Juristas compram página inteira da Folha e do Estadão para divulgar manifesto contra Bolsonaro
30/05/20, 11:53 | POLÍTICA - Rejeição a Bolsonaro vai a 44% e aprovação fica em 28%, diz DataPoder360
30/05/20, 11:35 | PANDEMIA - Escalada: Brasil já é o quinto país em número de mortos por coronavírus
30/05/20, 11:31 | ARTIGO - STF e inquérito das fake news
30/05/20, 11:19 | PANDEMIA - Pelo quarto dia consecutivo, Brasil registra mais de mil mortes pela covid-19 em 24 horas
29/05/20, 20:37 | POLÍTICA - TSE dá três dias para Bolsonaro e Mourão se manifestarem sobre disparos em massa de fake news na campanha
29/05/20, 18:13 | POLÍTICA - TSE propõe compartilhar inquérito das fake news com STF para cassar mandato de Bolsonaro
29/05/20, 10:57 | PESQUISA - Bolsonaro tem reprovação de 49% e aprovação de 26%, diz XP/Ipespe
29/05/20, 10:51 | POLÍTICA - 50% reprovam desempenho de Bolsonaro na pandemia, diz Datafolha
29/05/20, 09:26 | INVESTIGAÇÃO - Alexandre de Moraes já possui informação para ‘ações explosivas’ contra bolsonaristas
29/05/20, 09:02 | POLÍTICA - Contra ataques de Bolsonaro, ministros do STF se unem em defesa da instituição
29/05/20, 08:58 | INVESTIGAÇÃO - MP descobre transferências milionárias em contas operadas por Ricardo Salles
29/05/20, 07:27 | INVESTIGAÇÃO - Bolsonaristas que ameaçaram ministro do STF estão na penitenciária
29/05/20, 07:23 | POLÍTICA - Estadão conclama militares para conter ofensiva golpista dos Bolsonaros
29/05/20, 07:20 | POLÍTICA - Moro pede ao STF justiça que negou a Lula, dizem advogados
29/05/20, 06:44 | POLÍTICA - Eduardo Bolsonaro será denunciado ao Conselho de Ética por articular golpe
29/05/20, 06:40 | POLÍTICA - Procuradores manifestam insatisfação com Aras e promovem abaixo-assinado
29/05/20, 06:26 | POLÍTICA - Provas colhidas no inquérito das fake news podem fortalecer cassação de chapa de Bolsonaro no TSE
28/05/20, 17:11 | INVESTIGAÇÃO - Ex-aliados de Bolsonaro detalham 'modus operandi' do “Gabinete do Ódio” no Palácio do Planalto
28/05/20, 16:45 | POLÍTICA - Plenário do TCU proíbe que Banco do Brasil faça anúncios em sites de fake news
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site