CBN - A rádio que toca notícia

ECONOMIA

Bancos fazem mutirão para negociar dívidas em atraso

Durante o mutirão, organizado pelo Banco Central e pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban), parte das agências bancárias de todo o país, de sete instituições financeiras (Banco do Brasil, Banrisul, Bradesco, Banco Pan, Caixa Econômica, Itaú e Santander), terá o horário estendido até as 20h para oferecer orientação financeira e negociar dívidas em atraso de seus clientes, em condições especiais

02/12/19, 09:53

C
omeça nesta segunda-feira (2) a Semana de Negociação e Orientação Financeira, que ocorrerá até sexta-feira (6) em todo o país.

Durante o mutirão, organizado pelo Banco Central e pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban), parte das agências bancárias de todo o país, de sete instituições financeiras (Banco do Brasil, Banrisul, Bradesco, Banco Pan, Caixa Econômica, Itaú e Santander), terá o horário estendido até as 20h para oferecer orientação financeira e negociar dívidas em atraso de seus clientes, em condições especiais. A lista completa pode ser acessada no site Papo Reto, da Febraban.

A negociação ainda poderá ser feita nas demais agências desses bancos, localizadas em todo o território nacional, no horário normal de funcionamento, nos canais digitais das instituições e pela plataforma consumidor.gov.br.

Segundo a Febraban, os bancos Votorantim e Safra também participam da iniciativa, somente por meio dos canais digitais.

Banrisul

O Banrisul informou que oferecerá desconto sobre o total da dívida e nos juros. Além do atendimento nas agências, o banco oferece o Portal de Solução de Dívidas, localizado em seu site, e por meio do aplicativo Banrisul Digital, na função Resolva Dívidas em Atraso. No site do Banrisul, o cliente tem acesso ainda a orientações financeiras na área Crédito Consciente.

Banco do Brasil

O BB dará descontos de até 92% na liquidação de dívidas e oferecerá prazos que podem chegar a 120 meses, além de até 180 dias de carência. O banco também oferecerá, promocionalmente, taxas de juros até 14% menores para as operações de renegociação. Além das agências, o banco também dá a opção de atendimento digital pelo Portal de Renegociação de Dívidas e pelo aplicativo do BB.

Bradesco

O Bradesco informou que participa do mutirão da dívida com prazos e taxas diferenciadas, de acordo com o perfil dos clientes. “O Bradesco vai participar da Semana da Negociação e Orientação Financeira, organizada pela Febraban e o Banco Central, oferecendo prazos e taxas diferenciadas para a renegociação de dívidas. As condições serão estruturadas de acordo com o perfil de cada cliente. Vamos realizar intensiva comunicação com clientes potenciais. As Agências e canais de atendimento estarão preparadas para atender aos clientes com alçada para negociar eventuais sugestões de condições para a renegociação dos pagamentos”, disse em nota.

Caixa Econômica Federal

Segundo a Caixa, na renegociação do crédito comercial, os clientes podem quitar dívidas que estejam em atraso há mais de 1 ano, com até 90% de desconto para pagamento à vista, de acordo com as características da operação. Podem ainda unificar os contratos em atraso e parcelar em até 96 meses, realizar uma pausa no pagamento de até uma prestação vencida ou a vencer e efetuar a repactuação da dívida, com possibilidade de aumento do prazo.

As condições também englobam os contratos habitacionais. Uma das alternativas oferecidas compreende o pagamento de um valor de entrada e a incorporação do restante da dívida em atraso às demais prestações do contrato, permitindo que o cliente retome seu fluxo de pagamento mensal.

Para outro grupo de clientes, há possibilidade, após o pagamento da entrada, de fazer acordo para pagamento de uma prestação por mês na data de vencimento, durante três meses consecutivos. Após esse prazo, as demais prestações que ainda estiverem em atraso serão incorporadas ao saldo do contrato.

Para o cliente que tem saldo na conta do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), outra opção é utilizar o recurso para reduzir a prestação em até 80% por 12 meses. Essa condição vale para clientes que apresentam até três parcelas do financiamento em atraso.

Segundo a Caixa, as condições variam de acordo com as características do contrato e o tipo de operação.

A renegociação também pode ser feita por meio do site www.negociardividas.caixa.gov.br, via telefone e WhatsApp 0800 726 8068, nos perfis do banco no Facebook e no Twitter, APP Cartões Caixa, nos caminhões Você no Azul e nas agências. Na habitação, os clientes contam ainda com a possibilidade de renegociar a dívida pelo serviço Habitação na Mão do Cliente, nos telefones 3004-1105 (capitais), opção 7, ou 0800 726 0505 (demais cidades).

Itaú Unibanco

O atendimento no Itaú Unibanco ocorrerá nas agências, pelo site, aplicativo e na central telefônica. Segundo o banco, o cliente vai encontrar taxas reduzidas, a partir de 1,99% – nesse caso, para débitos com mais de 90 dias de atraso –, e prazo de até 30 dias para o pagamento da primeira parcela. Quem for pessoalmente renegociar pode obter desconto de até 90% nas dívidas com atraso superior a um ano; ter a opção de pagamento da dívida renegociada em até 6 vezes, com parcelas fixas; ou parcelamento, em até 60 meses do valor devido.

Santander

O Santander informou que a renegociação envolve descontos de até 90% no valor da dívida. Clientes com atrasos de até 60 dias terão reduções nas taxas de até 20%. Já para acordos com atrasos acima de 60 dias, dependendo do caso, os descontos serão de até 90% no valor total da dívida.

As condições especiais serão válidas para as modalidades crédito pessoal, consignado, capital de giro, conta garantida, Santander Master, descontos de recebíveis e cartão de crédito nos canais de relacionamento do banco (aplicativo, central telefônica, portal de renegociação e agências). No período da campanha, o Santander também manterá algumas de suas agências abertas até as 20h para o atendimento, com orientação financeira aos clientes.

Dívidas com bancos

Segundo levantamento da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), a maior parte das dívidas (53%) em aberto no país está ligada a instituições financeiras. Já o comércio responde por uma fatia de 17% do total de dívidas. O setor de comunicação foi responsável por 12% das pendências e as contas de água e luz, por 10%.

Fonte: JL/Agência Brasil
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
11/12/19, 22:04 | ECONOMIA - Proposta de Bolsonaro para o funcionalismo é cortar 25% do salário com uma carga horária menor
11/12/19, 21:10 | CARNAVAL - Nanda Marques é coroada rainha de bateria da Acadêmicos do Dendê
11/12/19, 21:05 | DECISÃO - Contrariando Bolsonaro, Justiça determina que PRF volte a usar radares móveis em rodovias
11/12/19, 21:00 | RECURSOS - Senado aprova transferência de verbas para prefeitos e governadores
11/12/19, 20:56 | SAÚDE - Bolsonaro faz exame para investigar possível câncer de pele
11/12/19, 18:24 | POLÊMICA - Debate sobre Carteira Verde e Amarela divide opiniões na Câmara
11/12/19, 18:17 | POLÊMICA - Justiça mantém suspensão da PEC da reforma da Previdência de São Paulo
11/12/19, 18:11 | POLÍTICA - Olavo de Carvalho, 'guru' de Bolsonaro, manda militares fecharem partidos
11/12/19, 17:53 | POLÍTICA - Lula diz que o fascismo é construído por meio da mentira: “Um miliciano não respeita ninguém”
11/12/19, 17:46 | CULTURA - Bumba Meu Boi do Maranhão se torna Patrimônio Cultural da Humanidade
11/12/19, 17:30 | SENADO - Vira lei obrigação de notificar casos de violência contra a mulher em 24 horas
11/12/19, 17:26 | POLÊMICA - CCJ do Senado confirma aprovação de PL da prisão após condenação em 2ª instância
11/12/19, 12:25 | POLÍTICA - LULA: ‘Quem está no governo está para destruir, não para construir’
11/12/19, 12:18 | POLÍTICA - Joice Hasselmann é confirmada líder do PSL na Câmara dos Deputados
11/12/19, 12:08 | ECONOMIA - Prefeito do Maranhão baixa decreto e fixa preço do quilo da carne a R$ 12 com osso e R$ 15 sem osso
11/12/19, 12:01 | INTERNACIONAL - Greta Thunberg, a “pirralha para Bolsonaro”, é eleita personalidade do ano pela revista Time
11/12/19, 11:40 | POLÍTICA - TSE confirma cassação da senadora Selma Arruda, conhecida como “Moro de saias”
10/12/19, 19:47 | SAÚDE - Anvisa atesta segurança de alimentos, mas 23% têm resíduos tóxicos
10/12/19, 19:44 | POLÍTICA - Alcolumbre não pautará votação do PL da prisão em segunda instância
10/12/19, 19:40 | ACIDENTE - Cratera se abre em obra em Brasília e arrasta quatro carros
10/12/19, 15:59 | LAVA JATO - STJ MANDA SOLTAR PEZÃO
10/12/19, 14:53 | MOBILIZAÇÃO - Trabalhadores alertam população dos riscos da carteira de trabalho verde-amarela: ‘Governo mente’
10/12/19, 14:49 | HERMANOS - Alberto Fernández toma posse como presidente eleito da Argentina
10/12/19, 13:01 | POLÍTICA - Pacote anticrime passa pela CCJ e vai ao plenário do Senado
10/12/19, 12:30 | POLÍTICA - Comissão do Senado dá primeiro passo para aprovar prisão após condenação em 2ª instância
10/12/19, 11:47 | ESPORTE - Flamengo domina premiação do Campeonato Brasileiro
10/12/19, 11:12 | PESQUISA - Datafolha: Maioria dos brasileiros considera justa liberdade de Lula após decisão do STF
10/12/19, 10:41 | POLÍTICA - Audiência Pública avaliou os impactos negativos das candidaturas avulsas
10/12/19, 10:36 | POLÍTICA - Ministro Barroso ressalta pluralidade dos debates e dos argumentos pró e contra as candidaturas avulsas
10/12/19, 10:07 | DEBATE - Strans escuta população sobre transporte público em Teresina
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site