CBN - A rádio que toca notícia

JUSTIÇA

Judiciário é o Poder mais bem avaliado pela sociedade e advogados, diz FGV

No evento, também foi lançado o Centro de Inovação, Administração e Pesquisa do Judiciário da FGV. O instituto será coordenado pelo ministro do Superior Tribunal de Justiça Luís Felipe Salomão

02/12/19, 18:26

D
os três Poderes, o Judiciário é o mais bem avaliado pela sociedade, por advogados e defensores públicos. Isso é o que aponta o "Estudo Sobre o Judiciário Brasileiro", feito pela Fundação Getulio Vargas sob encomenda da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB).

A pesquisa, que foi lançada nesta segunda-feira (2/12) na FGV-Rio, afirma que 52% dos brasileiros confiam no Judiciário. A Presidência da República é considerada confiável por 34% da população. Já o Congresso Nacional, por 19%. O levantamento foi feito entre agosto de 2018 e novembro de 2019.

No entanto, os tribunais superiores são enxergados com mais ressalvas pelos brasileiros. O Supremo Tribunal Federal é visto como não confiável por 57% das pessoas, e o Superior Tribunal de Justiça, por 54%.

Os defensores públicos são os maiores entusiastas da atuação dos Poderes: 35% deles consideram a atuação do Judiciário boa ou ótima (contra 22% dos advogados e 21% da sociedade em geral), 57% a avaliam regular (em comparação com 45% dos advogados e 41% da sociedade em geral), e 6% opinam que ela é ruim ou péssima (contra 32% dos advogados e 35% da sociedade em geral).

Por sua vez, o Executivo é visto como bom ou ótimo por 31% dos defensores (em comparação com 16% dos advogados e da sociedade), regular por 44% (contra 43% dos advogados e 36% da população), e ruim ou péssimo por 23% (em comparação com 40% dos advogados e 46% da sociedade em geral).

Já o Legislativo é avaliado como bom ou ótimo por 26% dos defensores públicos (contra 7% dos advogados e 10% da sociedade), regular por 56% (em comparação com 41% dos advogados e 37% da população), e ruim ou péssimo por 17% (contra 52% dos advogados e 51% da sociedade em geral).

Centro de estudos
No evento, também foi lançado o Centro de Inovação, Administração e Pesquisa do Judiciário da FGV. O instituto será coordenado pelo ministro do Superior Tribunal de Justiça Luís Felipe Salomão.

Salomão disse no evento que os dados mostram que é preciso combater a morosidade da Justiça, ressaltando que a percepção dessa lentidão não vem de hoje. 

Para acelerar o fim dos processos, o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), defendeu mudanças no sistema de execuções judiciais. Ele sugere permitir a negociação dos títulos executivos.

O ministro do STJ Marco Aurélio Bellizze ressaltou que, apesar das críticas de especialistas, a população avalia positivamente os serviços prestados pelo Judiciário. "Isso indica que estamos no caminho certo", disse o magistrado.

Fonte: JL/Conjur
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
11/12/19, 22:04 | ECONOMIA - Proposta de Bolsonaro para o funcionalismo é cortar 25% do salário com uma carga horária menor
11/12/19, 21:10 | CARNAVAL - Nanda Marques é coroada rainha de bateria da Acadêmicos do Dendê
11/12/19, 21:05 | DECISÃO - Contrariando Bolsonaro, Justiça determina que PRF volte a usar radares móveis em rodovias
11/12/19, 21:00 | RECURSOS - Senado aprova transferência de verbas para prefeitos e governadores
11/12/19, 20:56 | SAÚDE - Bolsonaro faz exame para investigar possível câncer de pele
11/12/19, 18:24 | POLÊMICA - Debate sobre Carteira Verde e Amarela divide opiniões na Câmara
11/12/19, 18:17 | POLÊMICA - Justiça mantém suspensão da PEC da reforma da Previdência de São Paulo
11/12/19, 18:11 | POLÍTICA - Olavo de Carvalho, 'guru' de Bolsonaro, manda militares fecharem partidos
11/12/19, 17:53 | POLÍTICA - Lula diz que o fascismo é construído por meio da mentira: “Um miliciano não respeita ninguém”
11/12/19, 17:46 | CULTURA - Bumba Meu Boi do Maranhão se torna Patrimônio Cultural da Humanidade
11/12/19, 17:30 | SENADO - Vira lei obrigação de notificar casos de violência contra a mulher em 24 horas
11/12/19, 17:26 | POLÊMICA - CCJ do Senado confirma aprovação de PL da prisão após condenação em 2ª instância
11/12/19, 12:25 | POLÍTICA - LULA: ‘Quem está no governo está para destruir, não para construir’
11/12/19, 12:18 | POLÍTICA - Joice Hasselmann é confirmada líder do PSL na Câmara dos Deputados
11/12/19, 12:08 | ECONOMIA - Prefeito do Maranhão baixa decreto e fixa preço do quilo da carne a R$ 12 com osso e R$ 15 sem osso
11/12/19, 12:01 | INTERNACIONAL - Greta Thunberg, a “pirralha para Bolsonaro”, é eleita personalidade do ano pela revista Time
11/12/19, 11:40 | POLÍTICA - TSE confirma cassação da senadora Selma Arruda, conhecida como “Moro de saias”
10/12/19, 19:47 | SAÚDE - Anvisa atesta segurança de alimentos, mas 23% têm resíduos tóxicos
10/12/19, 19:44 | POLÍTICA - Alcolumbre não pautará votação do PL da prisão em segunda instância
10/12/19, 19:40 | ACIDENTE - Cratera se abre em obra em Brasília e arrasta quatro carros
10/12/19, 15:59 | LAVA JATO - STJ MANDA SOLTAR PEZÃO
10/12/19, 14:53 | MOBILIZAÇÃO - Trabalhadores alertam população dos riscos da carteira de trabalho verde-amarela: ‘Governo mente’
10/12/19, 14:49 | HERMANOS - Alberto Fernández toma posse como presidente eleito da Argentina
10/12/19, 13:01 | POLÍTICA - Pacote anticrime passa pela CCJ e vai ao plenário do Senado
10/12/19, 12:30 | POLÍTICA - Comissão do Senado dá primeiro passo para aprovar prisão após condenação em 2ª instância
10/12/19, 11:47 | ESPORTE - Flamengo domina premiação do Campeonato Brasileiro
10/12/19, 11:12 | PESQUISA - Datafolha: Maioria dos brasileiros considera justa liberdade de Lula após decisão do STF
10/12/19, 10:41 | POLÍTICA - Audiência Pública avaliou os impactos negativos das candidaturas avulsas
10/12/19, 10:36 | POLÍTICA - Ministro Barroso ressalta pluralidade dos debates e dos argumentos pró e contra as candidaturas avulsas
10/12/19, 10:07 | DEBATE - Strans escuta população sobre transporte público em Teresina
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site