CBN - A rádio que toca notícia

INVESTIGAÇÃO

Estudo mostra que Bolsonaro e Moro usam maquinas de manipulação de redes sociais

A partir das denúncias da deputada federal Joice Halssemann, o cientista de dados Antonio Arles fez um estudo exclusivo para a Fórum que demonstra uso de robôs por Bolsonaro e Sérgio Moro

07/12/19, 14:12

A
s denúncias realizadas pela deputada Joice Hasselmann, na CPI das Fake News, apontaram para o uso de máquinas de manipulação via redes sociais digitais utilizadas para ampliar a quantidade de seguidores de alguns perfis e criar de maneira artificial distorções nos temas debatidos nas próprias redes.

O fenômeno é complexo para ser analisado e as conclusões não podem ser simplificadas. Mas é possível, usando técnicas de ciência de dados apontar quem, dos potenciais candidatos a presidência da República em 2022, poderia estar usando esses recursos de robôs para distorcer números e artificializar discursos.

Neste estudo foram recolhidos dados de 50.000 usuários seguidores de cinco personagens políticos, a saber: Jair Bolsonaro, Lula, Sérgio Moro, Ciro Gome e Luciano  Huck.

Gráficos: Antonio Arles. Veja os gráficos em detalhes abaixo

O critério usado na escolha dos nomes foi o de estes figurarem entre possíveis candidatos à presidência da República em 2022 e pontuarem expressivamente na última pesquisa divulgada pela revista Veja.

Os  50.000 usuários foram submetidos a um algoritmo que os classificou em grau de automação, com índices indo de 0 a 1, sendo zero para menor probabilidade de automação e 1 para maior probabilidade de automação. Este algoritmo é o TweetBotOrNot que tem, auto declaradamente, 91.9% de acurácia que é, grosso modo, uma medida de precisão.

Depois de detectada a probabilidade de automação, plotamos gráficos dos que explicitam a densidade dos graus onde se encontram os possíveis bots seguidores de cada personagem.

Ao observar os gráficos pode-se perceber que quanto maiores os picos à direita do gráfico e mais próximos de 1 no eixo x (Probabilidade de Automação) maior a quantidade de perfis automatizados detectados pelo método.

Observamos assim que tanto Jair Bolsonaro quanto Sérgio Moro têm mais perfis automáticos detectados por este método do que os outros personagens aqui analisados que, por sua vez, tem um perfil de usuários mais distribuídos entre os diferentes graus de probabilidade de automação.

Essas observações servem como ponto de partida para investigações mais profundas, usando outros métodos e algoritmos que possam demonstrar essas ou outras tendências. De qualquer maneira, há uma clara diferença entre os perfis de Moro e de Bolsonaro em relação aos outros potenciais candidatos. E isso confirma de alguma maneira as denúncias apresentadas pela deputada Joice Halssemann.

Por Antonio Arles, analista de dados

Fonte: JL/Revista Fórum
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
19/01/20, 20:00 | POLÍTICA - Nazismo bate à porta do Supremo Tribunal Federal
19/01/20, 19:28 | MEIO AMBIENTE - Pesquisa na Amazônia analisa importância da biodiversidade
19/01/20, 19:07 | SEGURANÇA - Forças policiais com helicóptero vão para fronteira após fuga de 75 presos
19/01/20, 19:03 | CULTURA - Governo Bolsonaro coloca em risco o Anima Mundi, maior festival latino-americano de animação
19/01/20, 18:54 | CRIME - Policiais serão investigados após matarem cinco em Manaus
19/01/20, 14:07 | INTERNACIONAL - Igreja de “ungidos por Deus” mata 7 pessoas, das quais 5 crianças
19/01/20, 14:00 | POLÍTICA - Pastor pede que Deus ajude Bolsonaro a calar um pouco a boca
19/01/20, 13:51 | ECONOMIA - Paulo Guedes agora quer taxar até operação bancária pelo celular
19/01/20, 12:26 | POLÍTICA - Ministério da Educação ignorou estudantes prejudicados por erros no Enem
19/01/20, 12:07 | INTERNACIONAL - Agricultores da Índia protestam contra presença de Bolsonaro: “Corrupto e repressivo”
19/01/20, 11:58 | INVESTIGAÇÃO - Toffoli pede que PGR avalie pedido de Flávio sobre caso Queiroz
19/01/20, 11:44 | INTERNACIONAL - Hong Kong tem novos protestos e manifestantes pedem reforma política
19/01/20, 11:11 | POLÍTICA - Olavo de Carvalho: “Nunca chamei o Alvim de nazista. Chamei de maluco e trouxa”
19/01/20, 11:04 | ESTRANHO - Exclusivo: Igreja Universal cria seu exército particular com “recrutamento” de PMs
19/01/20, 09:10 | POLÍTICA - Repercute negativamente “compra e venda” de apoio político em Luzilândia
18/01/20, 20:13 | INUSITADO - Em decisão, juiz diz que o Brasil vive “merdocracia liberal neofacista”
18/01/20, 18:47 | OPINIÃO - Um nazista declarado na gestão Bolsonaro não é surpresa
18/01/20, 18:21 | ARTIGO - “Hitler em Brasília”
18/01/20, 18:09 | REPERCUSSÃO NEGATIVA - JORNAL FRANCÊS DISPARA: Alvim não é o único “Goebbolsonarista” no governo brasileiro
18/01/20, 17:41 | SEGURANÇA - Polícias mudam rotina para se adequarem à Lei de Abuso de Autoridade
18/01/20, 17:24 | POLÍTICA - Fala nazista de secretário é “o que Bolsonaro já repetiu inúmeras vezes, mesmo antes da eleição”, diz Estadão em editorial
18/01/20, 17:09 | DENÚNCIA - Queiroz é homem de Bolsonaro e Flávio só presta favor ao pai, diz jornalista que escreveu livro sobre o governo
18/01/20, 15:52 | MOVIMENTO - Servidores definem calendário de luta contra desmonte do serviço público
18/01/20, 15:46 | POLÍTICA - Bolsonaro é chamado de traidor após sanção do fundo eleitoral
18/01/20, 15:40 | POLÍTICA - Prazo para eleitor regularizar título para a eleição 2020 termina em maio
18/01/20, 15:36 | EDUCAÇÃO - Toffoli equipara teto salarial de universidades federal e estadual
18/01/20, 15:27 | EDUCAÇÃO - Até 30 mil alunos podem ter sido prejudicados por falha na correção do Enem
18/01/20, 15:23 | POLÍTICA - Lula posta foto com Flávio Dino e joga pá de cal em crise com PCdoB
18/01/20, 15:06 | POLÍTICA - Com a terceira esposa, Bolsonaro diz que presidência é igual casamento “de quatro ou oito anos”
18/01/20, 10:44 | POLÍTICA - Áudio de Zambelli sugere compra de votos na reforma da Previdência
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site