CBN - A rádio que toca notícia

INTERNACIONAL

Jornal de Londres rompe com neoliberalismo e defende novo pacto social no mundo

Após derrotar a doença, uma nova questão que todos os governos deverão enfrentar brevemente é se os atuais sentimentos de “união” e “propósito comum” poderão contribuir para o bem da sociedade após a crise

05/04/20, 16:36

O
Conversa Afiada reproduz – e traduz – trechos de editorial do jornal Financial Times (uma espécie de bíblia dos banqueiros da Europa), publicado neste sábado 4/IV, de título “vírus expõe a fragilidade do contrato social“:

“Se há alguma consequência “positiva” da pandemia da Covid-19 é que ela criou uma espécie de “sentimento de união” em muitos países. Mas o vírus, assim como as duras medidas econômicas necessárias para combatê-lo, também deixaram à mostra as desigualdades de nossas sociedades – e também criaram novos problemas sociais.

Após derrotar a doença, uma nova questão que todos os governos deverão enfrentar brevemente é se os atuais sentimentos de “união” e “propósito comum” poderão contribuir para o bem da sociedade após a crise – afinal, assim como os líderes ocidentais aprenderam com a Grande Depressão de 1929 e com a Segunda Guerra Mundial, ao exigir “sacrifício coletivo” do povo é necessário oferecer, também, um contrato social que beneficie a todos.

A atual crise, entretanto, expõe como os países ricos não conseguiram cumprir esse ideal. A luta para conter a pandemia deixou claro como os sistemas de saúde pública estão sucateados. As fragilidades das economias nacionais também se tornam evidentes, à medida em que os governos se desdobram para tentar impedir falências em massa das empresas e altas record nas taxas de desemprego. (…)

As medidas de paralisação da economia impõem um alto custo àqueles que já estão mais fragilizados. Da noite para o dia, milhões de pessoas perderam seus empregos em setores como hotelaria, lazer e outros serviços relacionados. (…) Além disso, as pessoas em empregos mal-remunerados que ainda estão liberadas para o trabalho continuam a arriscar suas vidas – como técnicos do setor de saúde, repositores e estoquistas de supermercados, profissionais de limpeza e motoboys.

A ajuda financeira dos governos para a economia, ainda que necessária, poderá piorar a situação. Muitos países que permitiram o surgimento de um mercado de trabalho precarizado e mal-regulado perceberam a dificuldade que é canalizar corretamente os recursos para ajudar as pessoas em condições tão instáveis. (…)

Reformas radicais, que revertam a direção tomada nas últimas quatro décadas, deverão ser discutidas. Os governos deverão aceitar um papel maior na economia. Eles precisam começar a ver os serviços públicos como um investimento, e não mais como um gasto, e também buscar soluções para tornar o mercado de trabalho menos precário. A redistribuição de riquezas voltará ao centro dos debates e os privilégios dos mais ricos deverão ser questionados. Medidas até recentemente consideradas excêntricas, como a renda básica universal e a taxação de grandes fortunas, também precisam ser consideradas.

As medidas não-convencionais que muitos governos estão tomando para garantir a segurança das empresas e dos trabalhadores durante a atual crise são, muitas vezes, comparadas à “economia de guerra” – algo que os países do ocidente não experimentam desde a Segunda Guerra. A analogia pode ser ainda mais profunda.

Os líderes que venceram a Guerra não esperaram o fim do conflito para planejar o que viria pela frente. Franklin Roosevelt e Winston Churchill criaram a “Carta do Atlântico”, que estabeleceu as fundações para a ONU, em 1941. O Reino Unido publicou o “Relatório Beveridge”, seu comprometimento a um estado de bem-estar social, em 1942. Em 1944, a Conferência de Brenton Woods forjou a estrutura financeira mundial do pós-guerra. Hoje, nós precisamos do mesmo tipo de visão. (…)”

Do Conversa Afiada

Fonte: JL/DCM
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
28/05/20, 07:32 | POLÍTICA - Parlamentares bolsonaristas investigados não poderão apagar postagens
28/05/20, 07:28 | POLÍTICA - STF cita planos golpistas descobertos nos sites-alvo da operação
27/05/20, 20:02 | INTERNACIONAL - Paralamentares de diversos países assinam carta contra as ações de Bolsonaro na pandemia
27/05/20, 19:23 | CRIME - STJ rejeita federalização de Caso Marielle e Anderson
27/05/20, 19:18 | PESQUISA - 61% acham que Bolsonaro quis interferir na PF, diz Datafolha
27/05/20, 19:06 | POLÍTICA - Veja quem é quem na quadrilha das fake news investigada no STF
27/05/20, 17:18 | POLÍTICA - Pesquisa nacional mostra queda dupla de Bolsonaro e Moro; imagem negativa supera positiva
27/05/20, 16:48 | CRISE - Fux diz que Supremo está vigilante contra qualquer forma de agressão
27/05/20, 16:42 | POLÍTICA - Ministro do STF inclui período eleitoral de 2018 em quebra de sigilo de Hang e empresários bolsonaristas
27/05/20, 16:30 | INVESTIGAÇÃO - Bolsonaro relata a aliados que tem medo que Carluxo vire próximo alvo da operação sobre fake news
27/05/20, 16:27 | POLÍTICA - Os terroristas virtuais agora vão conhecer a face dura da Justiça e da lei, afirma presidente da OAB
27/05/20, 15:47 | PANDEMIA - Fumante com coronavírus tem 14 vezes mais chances de morrer
27/05/20, 15:42 | PANDEMIA - Em Teresina, feriado de Corpus Christi será antecipado para esta sexta-feira (29)
27/05/20, 15:39 | PANDEMIA - 68% dos teresinenses com Covid-19 têm comorbidades, diz pesquisa
27/05/20, 15:01 | PANDEMIA - Pesquisa identifica quase 6 mil pessoas imunes à Covid-19 em Teresina
27/05/20, 14:30 | INVESTIGAÇÃO - PF encontra provas de atuação dos robôs de Bolsonaro; confira o mandado na íntegra
27/05/20, 13:22 | PANDEMIA - França suspende hidroxicloroquina como tratamento para covid-19
27/05/20, 13:15 | POLÍTICA - Alexandre de Moraes: “não se pode confundir liberdade de manifestação com irresponsabilidade”
27/05/20, 13:11 | ARTIGO - Ação da PF abala relação de Bolsonaro com centrão e atinge gabinete do ódio
27/05/20, 13:04 | ARTIGO - Asfixiando Bolsonaro
27/05/20, 12:52 | POLÍTICA - Saiba quem são os bolsonaristas alvos da ação da PF contra a milícia digital que propaga fake news
27/05/20, 10:06 | POLÍTICA - Cúpula do Planalto vê ação da PF autorizada por Alexandre de Moraes como cerco a Bolsonaro
27/05/20, 09:52 | POLÍTICA - STF: inquérito das fake news mira aliados de Bolsonaro
27/05/20, 09:48 | PANDEMIA - Covid-19: Piauí tem recorde de mortes e de confirmações em 24 horas
27/05/20, 09:39 | INVESTIGAÇÃO - Dono da Havan Luciano Hang, Roberto Jefferson e blogueiro são alvos de operação da PF
27/05/20, 08:51 | PANDEMIA - Auxílio Emergencial pode ser recebido em agências barco da Caixa no Amazonas
27/05/20, 07:53 | INVESTIGAÇÃO - PF cumpre mandados de busca e apreensão em 5 estados e DF sobre fake news e ofensas ao STF
27/05/20, 07:28 | PANDEMIA - 40 milhões de profissionais da saúde de 90 países pedem socorro
27/05/20, 07:24 | INVESTIGAÇÃO - Moraes manda Weintraub depor à PF sobre falas em reunião ministerial
27/05/20, 07:17 | STF - Celso de Mello é o relator do impeachment de general Heleno
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site