CBN - A rádio que toca notícia

CORONAVÍRUS

Bolsonaro e Guedes injetam R$ 1,2 trilhão nos bancos e dinheiro some

Traduzindo em bom português: o dinheiro não chegou ao destino, ficou empossado nos bancos que especulam com recurso alheio

06/04/20, 13:34
N
o início da pandemia do coronavírus, o Banco Central (BC) –leia-se ministro Paulo Guedes e o presidente Jair Bolsonaro– anunciou a injeção de R$ 1,2 trilhão no sistema financeiro. Ou seja, injetou na veia dos banqueiros recursos públicos equivalentes a 16,7% do Produto Interno Bruto (PIB).

O dinheiro era para ser drenado na economia durante a luta contra a Covid-19, porém, avalia o governo, esses recursos foram “empoçados no sistema financeiro”. O dinheiro era para manter abertas empresas e garantir empregos.

Traduzindo em bom português: o dinheiro não chegou ao destino, ficou empossado nos bancos que especulam com recurso alheio.

De acordo com especialistas do mercado financeiro, o dinheiro disponibilizado pelo governo “morreu” nos bancos, que preferem investir em títulos públicos.

“Os bancos não querem dar dinheiro novo, nem querem alongar. Querem comprar só títulos públicos”, afirma Carlos Thadeu de Freitas, ex-diretor do BC e economista-chefe da Confederação Nacional do Comércio (CNC). Ele defende uma forma de “punição” do BC aos bancos que não emprestarem e alongarem os prazos.

Na prática, os bancos estão especulando no mercado com dinheiro que não lhe pertence. Os banqueiros estão “assaltando” o erário para especular com títulos públicos.

A falta de liquidez nas empresas, o capital de giro, nesse período de quarentena poderá levá-las à quebradeira. “As empresas não vão pagar, as pessoas não vão pagar e vai ser uma quebradeira geral. Os bancos também vão quebrar na frente”, alerta o ex-diretor do BC.

Dentre o pacote de bondades para o sistema financeiro, que soma R$ 1,2 trilhão, estão as seguintes medidas:

1. redução das alíquotas dos compulsórios, de 25% para 17%

2. diminuição da parcela dos recolhimentos compulsórios considerados no Indicador de Liquidez de Curto Prazo (LCR)

3. flexibilização nas regras das Letras de Crédito do Agronegócio (LCA)

4. empréstimos aos bancos com lastro em Letras Financeiras (LF)

5. operações compromissadas com títulos soberanos brasileiros

6. captação de recursos, por parte dos bancos, por meio de Depósito a Prazo com Garantia Especial do Fundo Garantidor de Crédito (FGC)

A falta de alma dos banqueiros está levando o Ministério da Economia, de Paulo Guedes, a pensar no financiamento da folha de salários via BNDES. Uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) está sendo articulada pelo governo junto ao Congresso Nacional.

Como garantia de empréstimos direto, a PEC autorizaria o governo a comprar carteiras de crédito e títulos das empresas. O governo daria um passo rumo à estatização de setores, diante da crise do coronavírus.

A proposta do governo Bolsonaro e Guedes é a prova inequívoca de que o liberalismo econômico é um fetiche falido.

E os bancos? Ora, os bancos continuam numa boa. Óbvio.
Fonte: JL/Esmael Morais
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
28/05/20, 07:32 | POLÍTICA - Parlamentares bolsonaristas investigados não poderão apagar postagens
28/05/20, 07:28 | POLÍTICA - STF cita planos golpistas descobertos nos sites-alvo da operação
27/05/20, 20:02 | INTERNACIONAL - Paralamentares de diversos países assinam carta contra as ações de Bolsonaro na pandemia
27/05/20, 19:23 | CRIME - STJ rejeita federalização de Caso Marielle e Anderson
27/05/20, 19:18 | PESQUISA - 61% acham que Bolsonaro quis interferir na PF, diz Datafolha
27/05/20, 19:06 | POLÍTICA - Veja quem é quem na quadrilha das fake news investigada no STF
27/05/20, 17:18 | POLÍTICA - Pesquisa nacional mostra queda dupla de Bolsonaro e Moro; imagem negativa supera positiva
27/05/20, 16:48 | CRISE - Fux diz que Supremo está vigilante contra qualquer forma de agressão
27/05/20, 16:42 | POLÍTICA - Ministro do STF inclui período eleitoral de 2018 em quebra de sigilo de Hang e empresários bolsonaristas
27/05/20, 16:30 | INVESTIGAÇÃO - Bolsonaro relata a aliados que tem medo que Carluxo vire próximo alvo da operação sobre fake news
27/05/20, 16:27 | POLÍTICA - Os terroristas virtuais agora vão conhecer a face dura da Justiça e da lei, afirma presidente da OAB
27/05/20, 15:47 | PANDEMIA - Fumante com coronavírus tem 14 vezes mais chances de morrer
27/05/20, 15:42 | PANDEMIA - Em Teresina, feriado de Corpus Christi será antecipado para esta sexta-feira (29)
27/05/20, 15:39 | PANDEMIA - 68% dos teresinenses com Covid-19 têm comorbidades, diz pesquisa
27/05/20, 15:01 | PANDEMIA - Pesquisa identifica quase 6 mil pessoas imunes à Covid-19 em Teresina
27/05/20, 14:30 | INVESTIGAÇÃO - PF encontra provas de atuação dos robôs de Bolsonaro; confira o mandado na íntegra
27/05/20, 13:22 | PANDEMIA - França suspende hidroxicloroquina como tratamento para covid-19
27/05/20, 13:15 | POLÍTICA - Alexandre de Moraes: “não se pode confundir liberdade de manifestação com irresponsabilidade”
27/05/20, 13:11 | ARTIGO - Ação da PF abala relação de Bolsonaro com centrão e atinge gabinete do ódio
27/05/20, 13:04 | ARTIGO - Asfixiando Bolsonaro
27/05/20, 12:52 | POLÍTICA - Saiba quem são os bolsonaristas alvos da ação da PF contra a milícia digital que propaga fake news
27/05/20, 10:06 | POLÍTICA - Cúpula do Planalto vê ação da PF autorizada por Alexandre de Moraes como cerco a Bolsonaro
27/05/20, 09:52 | POLÍTICA - STF: inquérito das fake news mira aliados de Bolsonaro
27/05/20, 09:48 | PANDEMIA - Covid-19: Piauí tem recorde de mortes e de confirmações em 24 horas
27/05/20, 09:39 | INVESTIGAÇÃO - Dono da Havan Luciano Hang, Roberto Jefferson e blogueiro são alvos de operação da PF
27/05/20, 08:51 | PANDEMIA - Auxílio Emergencial pode ser recebido em agências barco da Caixa no Amazonas
27/05/20, 07:53 | INVESTIGAÇÃO - PF cumpre mandados de busca e apreensão em 5 estados e DF sobre fake news e ofensas ao STF
27/05/20, 07:28 | PANDEMIA - 40 milhões de profissionais da saúde de 90 países pedem socorro
27/05/20, 07:24 | INVESTIGAÇÃO - Moraes manda Weintraub depor à PF sobre falas em reunião ministerial
27/05/20, 07:17 | STF - Celso de Mello é o relator do impeachment de general Heleno
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site