CBN - A rádio que toca notícia

INVESTIGAÇÃO

Contrato milionário beneficiou amigo de Moro durante a Lava Jato, afirma deputado

Paulo Teixeira (PT-SP) protocolou uma representação no Ministério Público do TCU para revogação do contrato de R$ 3 mi

30/07/20, 17:43

O
contrato milionário do advogado René Ariel Dotti para defender a Petrobras na operação Lava Jato , foi alvo de uma representação no Ministério Público do Tribunal de Contas da União (TCU)  por conflito de interesses devido a sua proximidade com o ex-juiz Sergio Moro.

Autor da representação, protocolada no último dia 15, o deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP) solicita a rescisão do contrato entre a estatal Petrobras e o advogado René Ariel Dotti, no valor de R$ 3 milhões.

“Nós estamos vendo um conflito de interesses, uma eventual prevaricação e nós pedimos para o TCU investigar”, afirma Teixeira.

Prevaricação é o ato de "retardar ou deixar de praticar, indevidamente, ato de ofício, ou praticá-lo contra disposição expressa em lei, para satisfazer interesse ou sentimento pessoal", segundo o artigo 319, do Código Penal.

No documento, o parlamentar afirma que “esse trilhar do advogado René Ariel Dotti pode indicar grave conflito de interesse, na medida em que, de um lado, atuou supostamente na defesa dos interesses da Petrobras e, de outro, advoga agora, contra o interesse público, na mesma seara da operação Lava Jato, para evitar colaboração premiada que pode influenciar no destino das decisões judiciais de Sergio Moro.”

Contratado como assistente de acusação do Ministério Público Federal (MPF) para defender a estatal no âmbito da Operação Lava Jato, na 13ª Vara Federal de Curitiba, Dotti também teria atuado, segundo Teixeira, como defensor de Carlos Zucolotto.

Este foi acusado pelo ex-advogado da Odebrecht, Rodrigo Tacla Duran, por tentativa de extorsão e de intermediar negociações paralelas à Operação Lava Jato, envolvendo pagamentos de propinas entre delatores e investigadores de operação.

Zucolotto também é amigo íntimo de Sergio Moro, que foi juiz na 13ª Vara Federal de Curitiba, sócio de Rosângela Moro na empresa HZM2 Cursos e Palestras, e padrinho de casamento de ambos.

Dotti, entretanto, nunca informou à Petrobras que atuou nas causas de Carlos Zucolotto bem como sobre sua amizade com o ex-ministro de Justiça e Segurança Pública.

Para Paulo Teixeira, Dotti teve atuação dos dois lados do balcão, violando o Código Penal.“O que nós estamos dizendo é o seguinte: Dotti está dos dois lados. Ele está na defesa do patrimônio público, mas está também advogando para acusados na Operação Lava Jato”, afirma Teixeira.

Além do valor fixo de R$ 3 milhões, o contrato com Dotti prevê o valor adicional de  R$ 80 mil por ação penal, quando o advogado atua a favor da Petrobras como parte interessada, e R$ 100 mil como assistente do Ministério Público, a cada ação penal. As ações penais, ligadas às decisões de Sergio Moro, tinham reflexo direto no faturamento de Dotti.

“Eu espero que o TCU indique que se há qualquer conflito de interesse que mande a Petrobras fechar o contrato com esse advogado. E se houver precarização que indique para o Ministério Público para apurar e processar algum crime de prevaricação”, explica o parlamentar.

Além da revogação do contrato, Teixeira também pede a instauração de uma investigação sobre os supostos atos de improbidade administrativa e o colhimento de depoimentos de Zucolotto, Moro, Dotti e seus sócios, além do registro de todos os pagamentos e faturas feitos pela estatal para o escritório de advocacia de Dotti e a relação de todos os clientes do advogado.

Edição: Leandro Melito


Fonte: JL/RBA
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
18/09/20, 18:44 | INVESTIGAÇÃO - PF investiga financiamento do governo a sites com conteúdos ‘antidemocráticos’
18/09/20, 18:29 | ESPORTE - Tite anuncia convocados para início das Eliminatórias da Copa de 2022
18/09/20, 16:18 | POLÍTICA - Vaza a pergunta que Moro faria para Bolsonaro no depoimento à PF
18/09/20, 15:27 | POLÍTICA - Brasília já tem outdoor com frase do discurso histórico de Lula: “Vamos juntos reconstruir o Brasil”
18/09/20, 15:20 | ECONOMIA - Desemprego dispara e atinge 13,7 milhões de brasileiros, diz IBGE
18/09/20, 15:16 | EDUCAÇÃO - “Professores trabalham mais e ainda enfrentam descaso do governo”, diz coordenadora da Contee
18/09/20, 15:10 | SUSTO - Por causa de fumaça de incêndios, avião com Bolsonaro arremete em MT
17/09/20, 22:02 | DESORIENTADO - Bolsonaro diz que pediu para MEC orientar estados a retornarem às aulas
17/09/20, 21:59 | PANDEMIA - Mundo ultrapassa 30 milhões de casos da Covid-19
17/09/20, 21:54 | POLÍTICA - Lula é o único que empataria com Bolsonaro no segundo turno em 2022, diz pesquisa
17/09/20, 21:46 | POLÍTICA - Bolsonaro ataca professores e diz que eles não querem trabalhar
17/09/20, 21:43 | INFRAÇÃO DISCIPLINAR - CNJ pune Bretas com censura e congelamento de promoções
17/09/20, 21:36 | INVESTIGAÇÃO - Candidata branca é aprovada na PF em cota para negros após se pintar para tentar burlar processo
17/09/20, 10:34 | POLÍTICA - Reforma administrativa de Bolsonaro também vai enfraquecer o mercado, diz economista
17/09/20, 10:30 | POLÍTICA - Entidades e parlamentares realizam ato virtual nesta quinta-feira contra os cortes no orçamento da Educação
17/09/20, 10:24 | POLÍTICA - Bolsolula: Bolsonaro chega ao Nordeste querendo ser Lula
17/09/20, 05:31 | POLÍTICA - Seduc e Sesapi promovem formação sobre protocolo de saúde
17/09/20, 05:03 | RECOMENDAÇÃO - CNJ se irrita com decisão política de Fux pró-Lava Jato
17/09/20, 05:00 | PANDEMIA - Associação de médicos diz que não retomará trabalhos nas agências do INSS
17/09/20, 04:55 | CRIME - Senadores vão ao Pantanal acompanhar incêndios e prometem mudança na legislação
17/09/20, 03:28 | INVESTIGAÇÃO - PF intima Carlos e Eduardo Bolsonaro para depoimentos sobre atos golpistas contra o STF e Congresso Nacional
16/09/20, 16:32 | POLÍTICA - Presidente da Câmara dos Deputados testa positivo para Covid-19
16/09/20, 16:26 | CRISE - Celebridades entram em greve contra Facebook e Instagram
16/09/20, 16:23 | INTERNACIONAL - ONU quer investigar violações de direitos humanos no Brasil
16/09/20, 15:34 | INVESTIGAÇÃO - Líder de Bolsonaro é suspeito de receber propina da Queiroz Galvão
16/09/20, 15:29 | MEIO AMBIENTE - Onças com patas queimadas e animais carbonizados ‘são a imagem do Brasil sob Bolsonaro’
16/09/20, 15:19 | CARTA - 8 países da Europa dizem que desmatamento dificulta comércio com Brasil
16/09/20, 15:16 | POLÍTICA - AGU: cabe a Câmara e Senado decidir sobre reeleição de presidentes
16/09/20, 14:12 | INVESTIGAÇÃO - PGR investiga rachadinha no gabinete de Bolsonaro na Câmara dos Deputados
16/09/20, 13:42 | POLÍTICA - Coração de pedra, Bolsonaro corta Auxílio Emergencial de 6 milhões de pessoas
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site