CBN - A rádio que toca notícia

POLÍTICA

"Não acredito que tenha sido um erro", diz jornalista atacada por Bolsonaro

“Por que o meu nome estava na mesa do presidente da República?", questiona Bianca Santana

31/07/20, 18:09

D
epois de Jair Bolsonaro (sem partido) ser denunciado no Conselho de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) por 54 casos de ataques do governo contra mulheres jornalistas, o presidente voltou atrás em uma das declarações nesta quinta-feira (30), durante transmissão ao vivo nas suas redes sociais. No vídeo, o capitão reformado pediu desculpas à jornalista Bianca Santana.

“Bacana receber um pedido de desculpas, mas não acredito que tenha sido um erro e fora, Bolsonaro”, defende a jornalista que também integra organizações sociais como a Uneafro e a Coalizão Negra por Direitos, que esta semana lançou uma campanha pelo impeachment do governo de Jair Bolsonaro.

Em maio, ela foi acusada pelo presidente de escrever fake news, com base em um texto que não era de sua autoria. Durante a transmissão, Bolsonaro disse que “cometeu um engano” e que o texto citado não foi escrito pela jornalista, mas que o nome dela estaria no final do texto e por isso teria cometido a confusão.

Para a Bianca Santana o reconhecimento é importante, mas a jornalista aponta que o fato de Bolsonaro dizer que leu o nome por engano não é verdade, porque a página referida não continha o nome dela.

Ela ressalta que publicou um artigo sobre a relação entre familiares e amigos de Bolsonaro com os milicianos acusados de assassinar a vereadora Marielle Franco e Anderson Gomes na mesma semana que a publicação mencionada pelo presidente.

O erro de Bolsonaro em coincidência com a publicação do texto faz com que a jornalista se questione sobre o motivo para seu nome ter sido citado. “Por que o meu nome estava na mesa do presidente da República? Eu continuo querendo saber por que meu nome estava na mesa dele, eu continuo perguntando qual o envolvimento da família Bolsonaro com o assassinato de Marielle Franco e seguiremos perguntando quem mandou matar Marielle”, pontua ela.

Outro ponto levantado por Santana é que o pedido de desculpas individual não muda o fato do presidente e seu governo serem responsáveis pelo maior número de ataques a jornalistas, segundo dados da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), e que a liberdade de imprensa precisa ser assegurado coletivamente para todos.

“É inaceitável que quem comanda o Estado brasileiro em vez de assegurar um ambiente para a liberdade de expressão, liberdade de imprensa seja a que mais ataque diretamente os jornalistas”, denuncia ela, que reitera que seguirá com a ação judicial contra a tentativa de desacredito e humilhação de Bolsonaro com o objetivo de inibir que ele e seu governo "sigam atacando jornalistas".

Edição: Leandro Melito


Fonte: JL/Brasil de Fato
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
18/09/20, 18:44 | INVESTIGAÇÃO - PF investiga financiamento do governo a sites com conteúdos ‘antidemocráticos’
18/09/20, 18:29 | ESPORTE - Tite anuncia convocados para início das Eliminatórias da Copa de 2022
18/09/20, 16:18 | POLÍTICA - Vaza a pergunta que Moro faria para Bolsonaro no depoimento à PF
18/09/20, 15:27 | POLÍTICA - Brasília já tem outdoor com frase do discurso histórico de Lula: “Vamos juntos reconstruir o Brasil”
18/09/20, 15:20 | ECONOMIA - Desemprego dispara e atinge 13,7 milhões de brasileiros, diz IBGE
18/09/20, 15:16 | EDUCAÇÃO - “Professores trabalham mais e ainda enfrentam descaso do governo”, diz coordenadora da Contee
18/09/20, 15:10 | SUSTO - Por causa de fumaça de incêndios, avião com Bolsonaro arremete em MT
17/09/20, 22:02 | DESORIENTADO - Bolsonaro diz que pediu para MEC orientar estados a retornarem às aulas
17/09/20, 21:59 | PANDEMIA - Mundo ultrapassa 30 milhões de casos da Covid-19
17/09/20, 21:54 | POLÍTICA - Lula é o único que empataria com Bolsonaro no segundo turno em 2022, diz pesquisa
17/09/20, 21:46 | POLÍTICA - Bolsonaro ataca professores e diz que eles não querem trabalhar
17/09/20, 21:43 | INFRAÇÃO DISCIPLINAR - CNJ pune Bretas com censura e congelamento de promoções
17/09/20, 21:36 | INVESTIGAÇÃO - Candidata branca é aprovada na PF em cota para negros após se pintar para tentar burlar processo
17/09/20, 10:34 | POLÍTICA - Reforma administrativa de Bolsonaro também vai enfraquecer o mercado, diz economista
17/09/20, 10:30 | POLÍTICA - Entidades e parlamentares realizam ato virtual nesta quinta-feira contra os cortes no orçamento da Educação
17/09/20, 10:24 | POLÍTICA - Bolsolula: Bolsonaro chega ao Nordeste querendo ser Lula
17/09/20, 05:31 | POLÍTICA - Seduc e Sesapi promovem formação sobre protocolo de saúde
17/09/20, 05:03 | RECOMENDAÇÃO - CNJ se irrita com decisão política de Fux pró-Lava Jato
17/09/20, 05:00 | PANDEMIA - Associação de médicos diz que não retomará trabalhos nas agências do INSS
17/09/20, 04:55 | CRIME - Senadores vão ao Pantanal acompanhar incêndios e prometem mudança na legislação
17/09/20, 03:28 | INVESTIGAÇÃO - PF intima Carlos e Eduardo Bolsonaro para depoimentos sobre atos golpistas contra o STF e Congresso Nacional
16/09/20, 16:32 | POLÍTICA - Presidente da Câmara dos Deputados testa positivo para Covid-19
16/09/20, 16:26 | CRISE - Celebridades entram em greve contra Facebook e Instagram
16/09/20, 16:23 | INTERNACIONAL - ONU quer investigar violações de direitos humanos no Brasil
16/09/20, 15:34 | INVESTIGAÇÃO - Líder de Bolsonaro é suspeito de receber propina da Queiroz Galvão
16/09/20, 15:29 | MEIO AMBIENTE - Onças com patas queimadas e animais carbonizados ‘são a imagem do Brasil sob Bolsonaro’
16/09/20, 15:19 | CARTA - 8 países da Europa dizem que desmatamento dificulta comércio com Brasil
16/09/20, 15:16 | POLÍTICA - AGU: cabe a Câmara e Senado decidir sobre reeleição de presidentes
16/09/20, 14:12 | INVESTIGAÇÃO - PGR investiga rachadinha no gabinete de Bolsonaro na Câmara dos Deputados
16/09/20, 13:42 | POLÍTICA - Coração de pedra, Bolsonaro corta Auxílio Emergencial de 6 milhões de pessoas
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site