CBN - A rádio que toca notícia

PANDEMIA

Associação de médicos diz que não retomará trabalhos nas agências do INSS

A Associação aponta ainda que o benefício por incapacidade já está sendo garantido de maneira emergencial por análise remota documental sem pericia médica e que não há emergência para justificar "tamanho afogadilho das autoridades ao ponto de prestarem na data de hoje um papel patético frente às câmeras da imprensa"

17/09/20, 05:00

A
Associação Nacional dos Peritos Médicos Federais (ANMP) afirmou que não vai retomar os trabalhos nas agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) nesta quinta-feira (17).

Em uma dura nota, a entidade criticou o presidente do INSS, Leonardo Rolim; o secretário de Previdência, Narlon Gutierrez e o Secretário Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Bruno Bianco, dizendo que desfilaram "feito três patetas em uma agência ainda não inaugurada em Brasília, com pranchetas na mão que simulavam uma fiscalização técnica".

Nesta quarta (16), foram realizadas vistorias em agências do Distrito Federal para verificar as possibilidades de retomada das atividades cumprindo protocolos sanitários em virtude da covid-19.  Na ocasião, Leonardo Rolim disse que as agências retomariam normalmente os trabalhos nesta quinta (17) .

"Não reconhecemos isso como vistoria. Não havia ali nenhum técnico de carreira gabaritado a emitir qualquer juízo de valor sobre os componentes da avaliação. O que houve foi uma 'inspeção' política com visita de chefes a uma agência-modelo", diz a ANMP.

A Associação aponta ainda que o benefício por incapacidade já está sendo garantido de maneira emergencial por análise remota documental sem pericia médica e que não há emergência para justificar "tamanho afogadilho das autoridades ao ponto de prestarem na data de hoje um papel patético frente às câmeras da imprensa".

O Congresso em Foco procurou o INSS, mas o órgão ainda não se manifestou.

No início da semana, o TRF-3 suspendeu a reabertura gradual das unidades no Estado de São Paulo. Hoje, o órgão conseguiu revogar a liminar. Na decisão, o Tribunal aponta que o INSS adotou medidas para garantir a segurança tanto dos segurados quanto dos servidores. Entre elas, a publicação de normativos estabelecendo regras sobre o retorno dos servidores ao trabalho presencial e definindo quais grupos poderiam permanecer em teletrabalho por medida de segurança.

Confira nota da AMNT na íntegra:

Foi com um misto de surpresa e indignação que a ANMP viu, na manhã de hoje, o Presidente do INSS, Leonardo Rolim, o Secretário de Previdência Narlon Gutierrez e o Secretário Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Bruno Bianco, desfilarem feito três patetas em uma agência ainda não inaugurada em Brasília, com pranchetas na mão que simulavam uma fiscalização técnica, mas pareciam maridos indo ao supermercado com a lista de compras feita pela esposa, batendo a cabeça entre prateleiras apertadas e corredores estreitos.

O INSS e Secretaria de Previdência e Trabalho mentem para o país ao apontarem a realização de “vistorias” para liberação das agências do INSS, que estão sendo “feitas” apenas por gerentes da administração sem o mínimo de competência técnica ou legal para tal feito.

Não reconhecemos isso como vistoria. Não havia ali nenhum técnico de carreira gabaritado a emitir qualquer juízo de valor sobre os componentes da avaliação. O que houve foi uma “inspeção” política com visita de chefes a uma agência-modelo.

Vistoria será apenas quando a SPMF, que detém o conhecimento técnico, for demandada para verificar as agências com a lista de checagem original usada na semana passada, feita de comum acordo entre a categoria e o governo, e que foi ardilosamente adulterada pelo Presidente do INSS e o Secretário de Previdência para promover uma farsa pública perante a nação.

Vidas humanas tem que ser respeitadas. O direito a vida e a segurança sanitária dos servidores, usuários do INSS e cidadãos em geral são itens inegociáveis.

O mundo mudou após a pandemia e o INSS aparentemente não aprendeu que tem que mudar também. A realidade evidenciadas pelas vistorias da semana passada mostraram que as agências da Previdência Social são, em linhas gerais, *verdadeiras bombas infectológicas * e a se manterem assim, serão polos difusores de COVID entre os segurados e nas comunidades onde estes moram.

O benefício por incapacidade já está sendo garantido de maneira emergencial, por análise remota documental sem pericia médica, bastando o cidadão apresentar o atestado médico ao INSS de modo presencial ou remoto, logo não há emergência para justificar tamanho afogadilho das autoridades ao ponto de prestarem na data de hoje um papel patético frente às câmeras da imprensa.

Precisamos apenas que o INSS faça seu dever - que deixou de fazer nos seis meses fechados - e organize as agências de forma séria para o retorno da perícia presencial.

Estamos aguardando o INSS informar a lista de agências e que o checklist original seja restabelecido. Até lá, em nome da preservação de vidas, da segurança sanitária e do bom senso, não haverá o retorno do atendimento médico presencial.

Se Leonardo Rolim, Narlon Gutierres e Bruno Bianco querem bancar os três mosqueteiros da insanidade, que coloquem apenas suas cabeças a prêmio, e não a dos milhares de idosos e doentes que serão vítimas de agências desestruturadas, bem diferente do cenário armado para a imprensa hoje.

Estamos a disposição para retorno imediato assim que os cavaleiros do apocalipse previdenciário voltarem ao Planeta Terra (pós-covid) e permitirem que façamos novamente as vistorias conforme previamente acertado com o próprio governo.

Fonte: JL/Congresso em Foco
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
26/10/20, 17:58 | INTERNACIONAL - Biden tem 52% das intenções de votos nos EUA, contra 45% de Trump
26/10/20, 17:48 | INTERNACIONAL - Em plebiscito, chilenos votam por redigir nova Constituição
26/10/20, 17:26 | POLÍTICA - Confaz divulga nova tabela de preços médios de combustíveis
26/10/20, 17:16 | ESPORTE - Eliminatórias: Conmebol confirma datas e horários das próximas rodadas
26/10/20, 17:10 | POLÍTICA - Dino: “Será que Bolsonaro não entende que dose de vacina é muito mais barata do que internação?”
25/10/20, 17:56 | PANDEMIA - Em 2ª onda de covid-19, Espanha declara estado de emergência até abril
25/10/20, 17:50 | POLÍTICA - Liszt Vieira: ‘O Brasil que pensa, sonha e sente, mostra indignação e vai à luta’
25/10/20, 17:43 | PANDEMIA - Vacina, não; veneno, sim. Governo Bolsonaro libera 10 agrotóxicos produzidos na China
25/10/20, 17:27 | CRIME - Mais de 2 milhões de pessoas vivem sob ameaça de milícias no RJ, diz deputada
25/10/20, 14:06 | POLÍTICA - Candidato mais rico do Brasil confirma candidatura após ser alvo de operação da Polícia Federal
25/10/20, 13:24 | CONHECIMENTO - Bienal do Rio promove Festival Conexões com pensadores e escritores
25/10/20, 13:21 | PANDEMIA - Mortes por covid-19 chegam ao menor nível desde maio, diz Fiocruz
24/10/20, 22:04 | POLÍTICA - Apoio de Bolsonaro prejudica candidaturas
24/10/20, 21:34 | PANDEMIA - Impasse pode atrasar vacinação, diz secretário de SP sobre Coronavac
24/10/20, 21:29 | POLÍTICA - Bolsonaro sugere que vacinação obrigatória é só para cachorro
24/10/20, 21:26 | INTERNACIONAL - ONU comemora 75º aniversário sem esquecer de crise mundial
24/10/20, 20:55 | POLÍTICA - Plataforma ajuda a escolher e acompanhar vereadores para eleições
24/10/20, 20:51 | POLÍTICA - Quatro fazendeiros perdem direito de usar suas terras no Pantanal por provocarem incêndios
24/10/20, 20:36 | POLÍTICA - Em crítica à ‘guerra das vacinas’, Lula posta foto de quando foi vacinado por Serra
24/10/20, 20:24 | POLÍTICA - Rodrigo Maia ataca Ricardo Salles e diz que ministro “resolveu destruir o próprio governo”
23/10/20, 19:18 | POLÊMICA - Lewandowski envia para o plenário ação sobre vacinação obrigatória da Covid-19
23/10/20, 19:08 | EDUCAÇÃO - Censo mostra que ensino a distância ganha espaço no ensino superior
23/10/20, 19:06 | ESPORTE - Tite convoca seleção para Eliminatórias da Copa do Mundo, em novembro
23/10/20, 18:59 | POLÍTICA - Em vídeo, candidato em Belém diz que vai “roubar para beber com amigos”
23/10/20, 18:54 | INTERNACIONAL - COVID-19: Biden promete vacina contra covid-19 gratuita se vencer as eleições
23/10/20, 18:46 | ESPORTE - Pelé completa 80 anos sem perder a majestade
23/10/20, 18:42 | PANDEMIA - Bolsonaro acabará correndo atrás de vacina chinesa
23/10/20, 17:33 | DOCUMENTÁRIO - Filme “Abraço” retrata o desafio de ser professor no Brasil
23/10/20, 00:46 | POLÍTICA - General Santos Cruz detona Bolsonaro e sua "mediocridade extrema"
22/10/20, 20:56 | PANDEMIA - Covid-19: Brasil tem 24,8 mil novos casos e mais 497 mortes em 24h
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site