CBN - A rádio que toca notícia

POLÍTICA

Apoio de Bolsonaro prejudica candidaturas

Repetindo discurso adotado por Bolsonaro na eleição de 2018, a campanha de Crivella tem buscado desacreditar as pesquisas e entrou com impugnações no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ) para impedir a divulgação do Datafolha anteontem e do Ibope de semana passada. A defesa do prefeito alegou inconsistências na base estatística

24/10/20, 22:04

S
em produzir crescimento de candidaturas nas pesquisas eleitorais, a estratégia de alinhamento ao presidente Jair Bolsonaro passa a ser revista por campanhas a prefeituras de capitais. Enquanto o prefeito do Rio, Marcelo Crivella (Republicanos), dobrou a aposta no apoio de Bolsonaro, seu colega de partido Celso Russomanno, candidato em São Paulo, se descolou da retórica antivacina do presidente um dia depois de ser ultrapassado numericamente pelo atual prefeito, Bruno Covas (PSDB).

Para especialistas, o aumento da rejeição a lideranças políticas e também da “desorganização partidária”, combinados ao cálculo do próprio Bolsonaro para evitar perda de popularidade, tendem a afastar o presidente da campanha municipal. Em Belo Horizonte, onde Bolsonaro gravou um vídeo em apoio a Bruno Engler (PRTB) há duas semanas, o atual prefeito Alexandre Kalil (PSD) caminha para uma reeleição em primeiro turno, segundo o Datafolha. Em Recife, a candidata Delegada Patrícia (Podemos), que tenta se viabilizar como alternativa à direita, cresceu seis pontos na pesquisa desta semana evitando se associar a Bolsonaro.

Em entrevista à rádio Eldorado na manhã de ontem, Russomanno fez um gesto conciliador ao governador de São Paulo, João Doria (PSDB), e afirmou que, se eleito, faria convênio com o Instituto Butantan para a compra da vacina produzida em parceria com o laboratório chinês Sinovac Biotech, a Coronavac, contra Covid-19. Na quarta-feira, Bolsonaro afirmou que não comprará a Coronavac mesmo se houver autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e a chamou de “vacina chinesa de João Doria”, seu desafeto político.

— Se for aprovada pela Anvisa, sem problema nenhum. Sou totalmente favorável à vacina. Quero que ela fique pronta e quero tomar a vacina também — disse Russomanno.

O candidato do Republicanos vinha intensificando nas últimas semanas sua adesão às pautas defendidas pelo presidente. Russomanno chegou a minimizar a pandemia do coronavírus em entrevistas e sugeriu que moradores de rua teriam mais resistência ao vírus por não tomarem banho, gafe semelhante à cometida por Bolsonaro, em março, ao dizer que “brasileiro cai no esgoto e não pega nada”. Pesquisa Datafolha divulgada na quinta-feira apontou queda de sete pontos percentuais para Russomanno, que agora aparece com 20%, numericamente atrás de Covas, com 23%. No fim de setembro, o Datafolha apontou que 46% dos paulistanos rejeitam o presidente.

Ainda ontem, Russomanno declarou à revista “Veja” concordar com Bolsonaro “em algumas coisas”, e disse ter “opinião própria” em outras. O distanciamento em relação ao presidente difere da postura de Crivella no Rio, que mantém o alinhamento mesmo patinando nas pesquisas. Em relação ao levantamento anterior do Datafolha, Crivella oscilou um ponto para baixo e agora está com 13%, numericamente empatado com Martha Rocha (PDT) na segunda colocação.

Repetindo discurso adotado por Bolsonaro na eleição de 2018, a campanha de Crivella tem buscado desacreditar as pesquisas e entrou com impugnações no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ) para impedir a divulgação do Datafolha anteontem e do Ibope de semana passada. A defesa do prefeito alegou inconsistências na base estatística. Ambos os pedidos foram negados pela juíza Regina Chuquer, da 23ª Zona Eleitoral. Aliados de Crivella defendem que a imagem de Bolsonaro continue sendo amplamente explorada no horário eleitoral e contam com uma declaração explícita de voto do presidente na reta final.

Para o cientista político Josué Medeiros, do Núcleo de Estudos Sobre a Democracia Brasileira (Nudeb) da UFRJ, uma “mobilização subterrânea” do bolsonarismo nas redes a exemplo de 2018 não pode ser descartada, mas um impacto do próprio Bolsonaro no primeiro turno é improvável.

— Bolsonaro tenta fugir da lógica habitual de palanques locais, o que exigiu alianças amplas de presidentes no passado para eleger prefeitos, como fez Lula com o MDB no Rio. Ele faz um cálculo político, prefere que os candidatos briguem pelo apoio dele — afirmou.

Para Cristiano Noronha, da Arko Advice Pesquisas, a avaliação das gestões locais vem norteando o voto em capitais.

— O apoio do Bolsonaro poderia ajudar na consolidação de uma candidatura, mas não como causa primeira que levaria o eleitor a votar — avaliou.

O Globo 

Fonte: JL
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
24/11/20, 16:44 | POLÍTICA - TSE aponta 64 mil beneficiários do auxílio emergencial como doadores de campanhas eleitorais
24/11/20, 15:46 | PESQUISA - Datafolha em SP: Bruno Covas tem 48% e Guilherme Boulos, 40%
24/11/20, 15:25 | POLÍTICA - Percentual de prefeitos eleitos sem coligação quintuplica em 2020
24/11/20, 15:19 | PANDEMIA - Taxa de transmissão do novo coronavírus volta a crescer no Brasil
24/11/20, 15:15 | SAÚDE - Pazuello é convidado a dar explicações no Congresso sobre os 6,8 milhões de testes encalhados
24/11/20, 15:11 | POLÍTICA - Mulheres são maioria no eleitorado de cidades que terão segundo turno
24/11/20, 12:54 | INTERNACIONAL - Parlamento Europeu quer tirar 700 mil sem-teto das ruas até 2030
24/11/20, 12:51 | BENEFÍCIO - Caixa credita auxílio, dos ciclos 3 e 4, para os nascidos em junho
24/11/20, 12:49 | EDUCAÇÃO - Candidatos infectados por covid-19 terão nova chance de fazer Enem
23/11/20, 20:46 | POLÍTICA - Senado pode endurecer lei contra “seguranças” racistas
23/11/20, 15:51 | BENEFÍCIO - Caixa credita auxílio emergencial para nascidos em fevereiro
23/11/20, 15:47 | POLÍTICA - Barroso diz que milícias digitais são a versão contemporânea do autoritarismo
23/11/20, 15:36 | PANDEMIA - Testes de covid comprados pelo Ministério da Saúde já estão vencidos e prejuízo pode chegar a R$ 290 milhões
23/11/20, 15:33 | DECISÃO - Carrefour é condenado a indenizar casal homossexual agredido por seguranças em 2016
23/11/20, 08:04 | VÍDEO - Investigação encontra hackers de Bolsonaro: Esquema desvendado
23/11/20, 08:01 | VÍDEO - Mídia, Governo Bolsonaro e economia se unem contra negros!
23/11/20, 07:58 | VÍDEO - JORNAL LUZILÂNDIA PLAY: O racismo cordial de Bolsonaro
23/11/20, 07:07 | POLÍTICA - Governo Bolsonaro é denunciado na Comissão Interamericana por apagão no Amapá
23/11/20, 07:01 | POLÍTICA - Doria diz que eleição de Bolsonaro foi "erro" e afirma que não irá disputar a reeleição em 2022
23/11/20, 06:59 | PANDEMIA - Especial Covid-19: afinal, o Brasil já está passando pela segunda onda da doença?
22/11/20, 21:15 | POLÍTICA - Movimento antirracista pode derrotar a direita no segundo tuno, diz Paraná Pesquisas
22/11/20, 21:10 | PANDEMIA - Bolsonaro deixa estragar 6,8 milhões de testes da Covid-19
22/11/20, 21:05 | ESPORTE - Clubes de futebol da Série A têm 61 atletas infectados pela Covid-19
22/11/20, 21:03 | - Brasil acumula 6,07 milhões de casos e 169 mil mortes por covid-19
22/11/20, 20:59 | GERAL - Dezenove pesquisadores brasileiros estão entre os mais citados de 2020
21/11/20, 18:20 | ESPORTE - Marta é cortada da seleção feminina após testar positivo para covid
21/11/20, 17:43 | PANDEMIA - ‘É muito claro que a situação piorou e deve piorar’, dizem médicos na linha de frente de combate à covid
21/11/20, 16:40 | POLÍTICA - 'Vou apoiar qualquer coisa contra Bolsonaro em 2022', diz Felipe Neto
21/11/20, 16:33 | CELEBRIDADE - Juliana Paes admite ter editado foto de biquíni e explica: 'Cor do mar'
21/11/20, 16:26 | POLÍTICA - “Não existe uma cor de pele melhor do que as outras”, diz Bolsonaro ao G20
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site